quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Propósito


Gosto de propositar. E de fazer horários. Pura mania. Que despreocupo e não cumpro nem uns nem outros. Suponho que, enquanto me dou ao trabalho de pensar no assunto, ganho a ilusão de ser a  pessoa alinhada e cumpridora do desenho. Contudo, reconheço, cumprindo seria pessoa mais feliz, há propósitos que zelam pelo que me é agradável como ler mais ou escrever mais. Mas a verdade é que rapidamente os substituo por qualquer tarefa aborrecida lavar roupa, passar a ferro, cozinhar, ir às compras, varrer ruas. Há outros que se arrastam há anos e a que não dou fim. Em cada ano os recomeço e breve os abandono. Ou seja, está sempre tudo na mesma.
Ora. Portanto. Neste ano não vou fazer propósito de arrumações que só sonho ou inicio anualmente; se já viraram rituais, é chuva no molhado. Também não me apetece pensar que devia ler mais, escrever mais, e etc. Vou ler quando possa e me apeteça e o mesmo para a escrita. E idem para passeios.
Desta vez vou propor a mim mesma aquilo que muito faço: ficar a olhar para nada sem remorso de perda de tempo. É isso, proponho-me perder tempo, a tal coisa que cada vez tenho menos. Portanto: vou dar-me ao luxo de gastá-lo também em nada. Serão pequenos bombons a semear no curso dos dias. Para variar, vai saber-me bem.
Passados uns 365 dias, estando por cá, logo se vê.

6 comentários:

  1. Essa de guardar um tempo para ler parece-me excelente ideia! Vou fazer isso uma noite por semana não ligo o televisor e fico só a ler.
    ~CC~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é tão fácil como pensa, mas vá em frente. Raro vejo tv e leio pouco na mesma embora tenha hábitos diários:)

      Eliminar
  2. E um dos meus propósitos para 2019 vai ser vir ao Erva-Principe diariamente, a acomodar com o café matinal. Decididamente.

    ResponderEliminar
  3. ahnn, e acha mesmo que vale a pena...se for verdade, vai levar-me a escrever de vez em quando que tenho vergonha de que aqui chegue e sempre as mesmas letras.
    Mas muito obrigada pela intenção. E também pode que seja o leitor como a escriba, boas intenções que não saem de si mesmas:).

    ResponderEliminar
  4. gosto dos teus propósitos e dos teus despropósitos e sobretudo da forma como os descreves através da tua bela prosa

    ResponderEliminar
  5. Propósitos muito a propósito! Olhe, somos duas com os mesmos!Tal e qual!

    Beijinhos e bom ano novo, mais uma vez!

    ResponderEliminar